Menu
Busca quarta, 11 de dezembro de 2019
(67) 99820-0742
Set

Alunos do Izabel Correa criam moeda ICO e começam cursinho preparatório

28 junho 2016 - 16h27

A Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria de Educação, formalizou nova parceria com o Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) para atender os alunos do nono ano da Escola Municipal Izabel Corrêa, visando participação em um cursinho preparatório para a prova na instituição que acontece no final do ano.

O ato foi oficializado na tarde da segunda-feira, 27, e segundo a diretora do estabelecimento de ensino, Ecila Araci Antunes, é o segundo ano consecutivo que os alunos são beneficiados por meio desta parceria. “No ano passado tivemos 19 alunos aprovados no Instituto e devido a esse sucesso, tivemos muita procura de pais e dos próprios alunos do nono ano, para continuidade do cursinho. Até a comunidade nos procurou, desejando participar”, explicou.

Além da continuidade da parceria, a direção da escola apresentou na segunda, a moeda da Escola Izabel Corrêa de Oliveira (ICO), criada e escolhida pelos alunos, que será utilizada pelos professores, como compensação pelas atividades realizadas pelos estudantes.

“A ideia de criarmos essa moeda de troca, veio de uma escola de São Paulo. Lá os alunos trabalham com o dólar, mas aqui os alunos não quiseram usar essa moeda e resolveram criar algo que fosse da própria escola. Assim surgiu o ICO, nome escolhido pelos próprios alunos. Hoje temos notas de 2, 5 e 10 que serão dadas aos alunos que fizerem tarefa, participarem mais em sala, além de utilizarmos para melhorar a disciplina deles”, explicou diretora adjunta Patrícia Acioly.

Patrícia ainda lembrou que todos os alunos vão juntar o ICO para, no final do ano, fazer a troca por produtos durante uma feira que acontecerá na escola. “Teremos também três prêmios especiais, duas bicicletas e um tablet, que poderão ser adquiridos pelos alunos”.

Juntamente com a criação da moeda os alunos estão tendo uma capacitação sobre educação financeira para que eles também aprendam a manejar o dinheiro. Essa capacitação e criação do dinheiro teve uma parceria da Secretaria de Indústria e Comércio.

“Nós estamos ensinando os alunos a não gastarem mais do que ganham, e também a pouparem. Queremos que eles aprendam a ser empreendedores, que saibam como buscar uma solução para os problemas deles, correr atrás do patrocínio e dos produtos que serão utilizados na feira de trocas deles”, disse o secretário Pedro Paulo Marinho.

A secretaria de educação, Roseane Limoeiro, lembrou que esse cursinho e a moeda vão favorecer e ajudar os nossos alunos. “Com esse cursinho os nossos alunos terão mais chance, afinal o sucesso dele já foi visto no ano passado quando tivemos alunos aprovados. Já a educação financeira é para que eles estejam mais conscientes ao gastar, e gastar apenas o necessário”.

O prefeito Paulo Duarte participou do ato e destacou que, em momentos de dificuldades na economia brasileira, criatividade é a solução. “A parceria com o Instituto vai preparar os alunos para uma nova etapa da vida deles. Além disso, as aulas de educação financeira serão uma maneira de, desde cedo, ensinar a superar a crise com criatividade e determinação. A escola é um espaço de conhecimento e determinação, é dos alunos e deve ser cuidada por todos, não só a escola, mas todos os espaços públicos, pois tudo que fazemos é para melhorar a vida de da população”.

 

Fonte: Ascom PMC

Deixe seu Comentário

Set 2
TECNODENTAL

Leia Também

Nova fase da Lava Jato investiga repasses do grupo Oi para empresa de filho de Lula
Veneza sofre com baixa em reservas de hotéis após inundação
Saiba como o cigarro eletrônico afeta os pulmões
Preço da carne vai recuar em 2020, mas será maior do que o registrado até setembro, dizem frigoríficos
Tiroteio em mercado nos EUA deixa mortos, entre eles um policial
Ativista Greta Thunberg muda descrição no Twitter para 'pirralha' após declaração de Bolsonaro
Bolsonaro assina MP com regras para regularização fundiária
Sexta turma do STJ manda soltar ex-governador Luiz Fernando Pezão
De doer o coração: ambientalista flagra seis tatus atropelados
Amor de redes sociais: casal que espancou filho adotivo esbanjava afeto no Facebook