Menu
Busca sexta, 25 de setembro de 2020
(67) 99820-0742

Ladário: feira da Cohab será retomada, mas durante o dia

20 fevereiro 2017 - 15h43

A feira da Cohab, que vai ser suspensa por decreto a partir de 1º de março, deverá voltar, mas em período diurno. A definição foi tomada durante reunião realizada no sábado, na sede Associção de Moradores, onde também ficou acertado que os feirantes terão que ser organiza, ou seja, montar uma associação de fato, com pessoa jurídica, para representar a classe.

“Nós queremos que todos ganhem, tenham conforto e segurança, então, para isso, é necessário que se organize e é o que nós estamos fazendo”, disse o prefeito Carlos Ruso. Também estavam presentes os vereadores Paulo Rogério e Vagner Gonçalves, que fortaleceram o diálogo com os feirantes que precisam vender, mas também serão responsáveis por ajudar a manter a ordem e o bom atendimento à população.

Durante a reunião, o prefeito reiterou a proposta de disponibilizar um terreno que será fechado, para a realização da feira, que terá assim toda a segurança. A intenção é evitar os assaltos, arrastões, lesões corporais, tentativas de homicídios e até homicídios já registrados pela PM durante a feira noturna de quinta feira, no bairro Almirante Tamandaré.

“Assim que os comerciantes estiverem organizados nós vamos voltar a conversar e ai, traçar as diretrizes para a realização de uma outra feira, muito melhor e que terá melhor aproveitamento”, disse Ruso. Para o prefeito, os moradores da Cohab também tem que ser lembrados nesse contexto, de forma que eles não sejam tão somente importunados, mas beneficiados.

O prazo para a realização da última feira noturna está marcado, será o dia 23 de fevereiro, esta semana ainda. Já para o início da realização da feira diurna ainda não foi estipulado. O prefeito Carlos Ruso garantiu que, entre 60 e 90 dias, construirá o local, que será em um terreno próximo à Igreja Nossa Senhora das Mercês. Para que os trabalhos comecem, tudo vai depender dos comerciantes que terão que, dentro desse período se organizar e formar uma nova associação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AGU cobra na Justiça R$ 893 milhões de desmatadores da Amazônia
Ocupação de UTIs tem risco baixo em 17 estados e crítico no Rio e GO
Focos de calor no Tocantins seguem padrão do clima, diz Defesa Civil
SP fecha último hospital de campanha para tratamento de covid-19
Intenção de consumo das famílias volta a crescer após cinco quedas
SP subsidia compra de computador para professor da rede estadual
Intenção de consumo das famílias volta a crescer após cinco quedas
São Paulo anuncia ampliação de testes da fase 3 da vacina CoronaVac
Lei prorroga incentivo fiscal para exportadores durante pandemia
Polícia do Rio desarticula grupo que aplicava golpe da casa própria