Menu
Busca quarta, 03 de junho de 2020
(67) 99820-0742
Set
Dourados

Guarda afirma que morte de morador durante abordagem foi fatalidade

12 outubro 2019 - 09h15Por Campo Grande News

A Guarda Municipal de Dourados, cidade a 233 quilômetros de Campo Grande, avaliou como sendo uma fatalidade a morte de Elcindo Alexandre Neto, de 35 anos, durante abordagem nesta tarde (11) na Vila Cachoeirinha.

 

Depois de receber uma denúncia, os guardas encontraram o morador fazendo queimada em folhas de um terreno, após receberem uma denúncia anônima. Quando a equipe da chegou ao local, ele teria ficado alterado, se armado com uma tesoura e chegado a derrubar um dos agentes de segurança.

Para tentar contê-lo, os agentes usaram arma de choque e, em seguida, outra de baixa letalidade. Logo após ser atingido por um cartucho antimotim do tipo "pó de arroz", que tem partículas de polietileno. A vítima morreu. No local, era possível ver que havia sangue espalhado.

“Uma fatalidade, pois antes de usar arma de menor letalidade, foram feito dois disparos com arma de condução elétrica, mas devido o estado que ele se encontrava não teve o efeito esperado”, comentou o inspetor Silvio Peres, da Guarda Municipal da cidade.

A perícia da Polícia Civil ainda vai apurar se a morte ocorreu em decorrência do ferimento de munição menos letal ou de algum mal súbito, devido ao nervosismo do rapaz.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Corumbá tem mais 15 positivos, e totaliza 44 casos de Covid-19
CNC: confiança do empresário do comércio cai 20,9 de abril para maio
Municípios aderem a repasse para ajudar Sistema de Assistência Social
Vacinação contra H1N1 é prorrogada para público de todas as fases
Contribuinte ainda pode destinar parte do Imposto de Renda para o CMDCA
Vereador diz que 54% das mortes de covid-19 são de pretos e pardos
Exposedcg: denunciado por estupro no Twitter procura a delegacia e relata calúnia
Com 33 novos casos, Dourados supera Campo Grande e já tem maior número de Covid-19 em MS
Coronavírus chegou ao Brasil pela Europa, América do Norte e Oceania
Rio de Janeiro começa reabertura gradual das atividades