Menu
Busca sexta, 14 de agosto de 2020
(67) 99820-0742
Set

No Dia do Marinheiro, prefeito destaca atuação da Marinha na região pantaneira

14 dezembro 2019 - 10h45Por Assessoria de Imprensa

Cerimônia militar de aproximadamente quarenta e cinco minutos, em frente ao Pórtico do 6º Distrito Naval de Ladário, comemorou nesta sexta-feira, 13 de dezembro, o “Dia do Marinheiro”. A data marca também, o nascimento do Patrono da Marinha do Brasil, Joaquim Marquês de Lisboa, o Marquês de Tamandaré.

O prefeito Marcelo Iunes acompanhou a solenidade. Ele afirmou que a Marinha é uma instituição extremamente importante para a região pantaneira. “Desde 1873 a Marinha está aqui na nossa região pantaneira. Está sempre presente nas ações e no cotidiano da nossa cidade e sociedade”, disse o chefe do Executivo Municipal ao lembrar as ações em apoio à população ribeirinha e a missão de proteção da fronteira Oeste do país.

Durante a solenidade foram lidas as mensagens, referentes ao “Dia do Marinheiro”, do Comandante da Marinha, Ilques Barbosa Junior, e do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Na Ordem do Dia, o comandante da Marinha destacou a inspiração nos atos do Almirante Tamandaré para encarar os desafios futuros da organização militar. “Se no passado temos a inspiração do nosso Patrono, o presente apresenta uma nova realidade, em que devemos estar prontos para nos contrapor às complexas ameaças. Devemos observar, com preocupação, a instabilidade no cenário internacional, por vezes, com ingerência de terceiros em assuntos internos de estados soberanos, o processo de territorialização dos oceanos, o tráfico de drogas e armas, a pirataria, as questões indígenas e ambientais manipuladas, os desastres naturais que podem assolar nossa população, o acesso ilegal a conhecimentos na nossa Amazônia Azul e Verde e os crimes ambientais, de grande repercussão midiática”.

Em sua mensagem, o presidente da República enalteceu os feitos do Patrono da Marinha do Brasil e a atuação da força naval brasileira. “Os feitos de Tamandaré inspiram a Marinha do Brasil a enfrentar os desafios do presente e do futuro. A Força Naval garante nossa soberania nos 5.7 milhões de quilômetros quadrados da Amazônia Azul e nas águas interiores, protegendo as linhas de comunicação marítima, responsáveis por 95% do nosso comércio exterior, e, em conjunto com outros órgãos, combatendo a pesca predatória, o crime organizado, o crime ambiental, como o ocorrido nas águas do nordeste brasileiro, entre outras ameaças. Assume, também, a tarefa de levar saúde, assistência e esperança às comunidades ribeirinhas situadas nas regiões remotas do nosso território. Por fim cabe destacar, sua prontidão em situações emergenciais, como a participação no combate aos focos de incêndio em nossas florestas e o apoio à população na ocorrência de desastres, como o ocorrido em Brumadinho”.

Personalidades civis e militares foram condecoradas com a medalha do “Mérito Tamandaré”, pelo comandante do 6º Distrito Naval, vice-almirante Carlos Eduardo Horta Arentz. A solenidade terminou com desfile da tropa. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mercado de seguros tem queda de 3,5% no ano devido à pandemia
Internacional OMS minimiza risco de novo coronavírus entrar na cadeia alimentar
Polícia Militar de Corumbá prende homem com mandado de prisão em aberto no bairro Aeroporto
Planos de saúde vão cobrir exames para detecção do novo coronavírus
Homem baleado na cabeça na Mato Grosso morre na Santa Casa
Homem envia fotos nuas da ex-mulher em aplicativo e acaba preso em Anaurilândia
Cloroquina 'some' das farmácias e preço vai às alturas; pacientes com lúpus são prejudicados
Comerciante é executado a tiros enquanto aguardava em semáforo na fronteira
Com mais de mil casos em 24h, MS tem 34,5 mil infectados e 570 mortes por coronavírus
Concurso público com salários de até R$ 3,1 mil prorroga prazo de inscrições