Menu
Busca sábado, 11 de julho de 2020
(67) 99820-0742
Set

Fundação de Turismo e AGETRAT advertem banhistas sobre riscos de afogamento

03 dezembro 2019 - 18h00Por Assessoria de Comunicação PMC

Em virtude do início da temporada de calor e férias, a Prefeitura de Corumbá, por meio da Fundação de Turismo do Pantanal e da Agência Municipal de Transito e Transporte (AGETRAT), visando informar a população e turistas que se dirigem até a Prainha do Porto para banharem-se nas águas do Rio Paraguai, instalou nesta terça (03), duas placas informativas alertando sobre os riscos de afogamento.

?Essa ação tem por finalidade diminuir os índices de afogamento que aumentam nesse período. Diante das altas temperaturas, muitas pessoas se dirigem a essa localidade para vivenciar momentos de lazer, por vezes acompanhados de bebidas alcoólicas. Nas placas, além do alerta, constam números de instituições de segurança e de socorro emergencial. É uma forma de facilitar ações de resgate caso algum sinistro aconteça.

?Segundo a diretora- presidente da FUNDTUR Pantanal, Elisângela Sienna da Costa Oliva, “não podemos proibir as pessoas de se banharem nas águas do Rio Paraguai, porém é nosso dever alertar acerca dos riscos. Estamos fazendo a nossa parte, alertando, e cabe aos usuários terem a consciências do perigo eminente”.

?Outro fato foi destacado pelo Diretor- Presidente da Agência Municipal de Trânsito e transporte, Alexandre do Carmo Taques Vasconcelos, sobre o grande fluxo de veículos que circulam na prainha entre as pessoas em movimento, animais e embarcações de pequeno porte.  Ele orienta que, o mais seguro, seria que os veículos sejam estacionados na Rua Manoel Cavassa e não na Prainha, garantindo assim a segurança e integridade de todos.

?Tanto a FUNDTUR, quanto a AGETRAT, informam que nesse período de grande fluxo na região portuária, realizarão ações de orientação acerca dos riscos mencionados acima.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Com gasolina mais cara, inflação volta a subir em Campo Grande
MS passa dos 12 mil casos de coronavírus e registra 146 mortes pela doença
Avó de esposa de Bolsonaro continua internada com coronavírus
MPMS vai investigar denúncias de irregularidades em ‘curso de bombeiro mirim’ em Campo Grande
Proibida de participar de licitação, empresa ganha pregão de R$ 60 milhões com a Sefaz-MS
Presidente da Bolívia testa positivo para covid-19
Duas jovens paulistas são presas em MS com malas recheadas de maconha
OMS manda especialista para investigar origem da Covid-19 na China
Frio começa a ir embora no fim de semana em Mato Grosso do Sul
Exame particular da covid-19 pode custar entre R$ 160 e R$ 300 na Capital