Menu
Busca quinta, 02 de abril de 2020
(67) 99820-0742
Set

Mulher e cunhado são socorridos com suspeita de coronavírus no Mario Covas

26 março 2020 - 17h30Por Midiamax

Uma mulher de 37 anos e o cunhado de 34 anos, acionaram o Corpo de Bombeiros na tarde desta quinta-feira (26), com suspeita do novo coronavírus (Covid-19), no bairro Mario Covas, em Campo Grande. Eles foram encaminhados para unidade de saúde.

Conforme o bombeiro Marcio Henrique, os familiares acionaram o socorro após as vítimas apresentares falta de ar, tosse seca e febre, sintomas comuns da doença. Eles foram encaminhados em estado estável e conversando com a equipe, para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Moreninhas.

Segundo a esposa do rapaz, que preferiu não se identificar, o marido tem histórico de tuberculose e pneumonia, chegou a ficar seis dias internado tratando a doença e se medicando, e agora, após 30 dias apresentou os sintomas de coronavírus.

O Corpo de Bombeiros implantou o serviço de teleatendimento para orientar a população sobre o coronavírus pelo número 3311-6262.

Prevenção é o caminho
 
A prevenção ao coronavírus é simples, e serve também para a maioria dos vírus que são transmissíveis por gotículas de saliva e por contato, como a influenza. O primeiro passo é higienizar as mãos regularmente com água e sabão.
 
Não é preciso fazer força. Basta esfregar gentilmente as mãos com sabonete ou sabão. Não esqueça a região entre os dedos e unhas, até a altura do pulso, por cerca de 20 segundos. Depois, seque bem com papel descartável. Se não houver água e sabonete, você pode usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
 
Também é recomendado higienizar as mãos com álcool em gel após tocar em superfícies compartilhadas, como corrimãos, maçanetas, barra de ônibus, dentre outros.
 
Outro hábito a ser incorporado na rotina é evitar, com as mãos sujas, toques no rosto e em áreas de mucosa, como olhos, nariz e boca. Ao espirrar e tossir, deve-se usar a parte interna do cotovelo para evitar a dispersão de micro-organismos no ambiente, e limpar o rosto com um lenço descartável, que deve ser colocado imediatamente no lixo.
 
As máscaras são indicadas a qualquer pessoa que manifeste sintomas gripais, como tosse, espirros e coriza, independente de ser ou não coronavírus, pois os itens ajudam a evitar a dispersão de gotículas de saliva. Porém, elas não têm eficácia de evitar a infecção.
 
Para prevenir infecções desse tipo, deve-se evitar aglomerações, espaços fechados e contato físico com pessoas com sintomas gripais. Também é recomendado não compartilhar objetos como canudos, talheres, bombas de tereré e chimarrão, piteiras e narguilés.
 
Por fim, a limpeza de ambientes e superfícies pode ser feita com facilidade usando-se produtos comuns de limpeza, como álcool 70%, água sanitária e desinfetantes em geral.

Deixe seu Comentário

Set 2

Leia Também

Homem é socorrido com traumatismo craniano após ser espancado no Aero Rancho
Latam reduz operações em 95% em abril em meio ao novo coronavírus
Com suspensão prorrogada, academias ficam entre manter saúde e "girar máquina"
Covid-19: Governo Federal zera estoque de equipamentos de proteção a profissionais de saúde
Jovem de 21 anos morre em hospital de Dourados com suspeita de coronavírus
Presidente das Filipinas manda “atirar para matar” quem desrespeitar isolamento
Covid-19: governo aprova medidas para área da assistência social
Com tornozeleira em falta, policial da Máfia do Cigarro fica sem monitoramento
Votorantim doa 500 máscaras para Secretaria Municipal de Saúde
Polícia Militar prende homem após assalto no bairro universitário em Corumbá