Menu
Busca sexta, 07 de agosto de 2020
(67) 99820-0742
Set

Homem que estava desaparecido foi assassinado por namorado da amante

31 julho 2020 - 17h00Por Top Midia News

Ludwig Max Pockel, 48 anos, foi assassinado pelo namorado da amante, segundo as investigações policiais. Ele estava desaparecido desde sábado (25), quando o irmão dele encontrou a casa toda revirda no Assentamento Itamarati.

Policiais do Setor de Investigações Gerais da 1ª DP interrogaram a namorada da vítima, de 33 anos. Esta contou que era, na verdade, amante de Ludwig e estava namorando outro homem, de 40 anos.

Os dois foram levados para a delegacia, onde prestaram depoimentos contraditórios. Pressionado, o homem confessou que matou Ludwig e que teve ajuda da namorada para esconder o corpo.

O acusado, que não teve a identidade revelada pela polícia, alega ter esfaqueado Ludwig após ser atacado. Ele diz que tomou a faca da vítima e desferiu vários golpes em legítima defesa. Em seguida, ele e a namorada carregaram o corpo em uma pick-up até uma plantação de milho, onde foi desovado. Após isso, eles teriam ateado fogo no corpo e na motocicleta da vítima.

O juiz da comarca de Ponta Porã determinou a prisão temporária do casal. Eles se encontram custodiados no 1º DP de Ponta Porã e foram indiciados pelo crime de homicídio doloso.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Musa da Bala que vendia drogas pela internet com entrega em casa é presa
Moradores encontram corpo de rapaz executado com vários tiros em Paranhos
Duas pessoas morrem em acidente de trânsito na Lúdio Martins Coelho
Pandemia fez com que pai acompanhasse nascimento do filho por videochamada
Funcionários protestam contra demissões e terceirização na Energisa em Mato Grosso do Sul
Mato Grosso do Sul tem recorde de mortes por coronavírus e 514 internados
Filha de cantora Vanusa pede ajuda de R$ 150 mil para comprar casa para viver com a mãe
Funcionário não aceita demissão e ameaça fazendeiro
RJ: Polícia Civil investiga vereador suspeito de desvio em combustível
BB tem lucro líquido de R$ 3,2 bi no segundo trimestre, queda de 23,7%