Menu
Busca terça, 17 de setembro de 2019
(67) 99820-0742
Set
Campo Grande

Homem desmaia ao ser atacado por abelhas

13 setembro 2019 - 10h00Por Correio do Estado

Três pessoas foram atacadas por abelhas na tarde de hoje, ao lado do asilo São João Bosco, no bairro Tiradentes, em Campo Grande. Um homem desmaiou e outras duas pessoas também sofreram picadas e foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros. A rua foi interditada para evitar novos ataques. 

O ataque aconteceu na rua Oceania. De acordo com o funcionário de uma revendedora de gás, Maico Rocha, 24 anos, um idoso estava transitando pela via, quando foi atacado pelo enxame e desmaiou. Uma jovem, de aproximadamente 22 anos, que estava a caminho do trabalho em uma bicicleta, também foi picada e gritou por socorro. Maico ouviu os gritos e, ao socorrer a vítima, também foi atacado.

"Um rapaz que estava passando de carro usou o extintor para espantar as abelhas. Eu levei umas oito picadas, a sorte é que não tenho alergia", disse Rocha ao Correio do Estado. 

Colegas de trabalho acionaram os bombeiros, que encaminharam o idoso e a jovem para uma unidade de saúde. Maico foi atendido no local.

O enxame continua na região e, por conta do risco de novos ataques, a rua foi fechada e equipes dos bombeiros permanecem no local. Fumaça [é usada para dispersar os insetos, já que não há colméia na área e as abelhas são migratórias. 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, durante a estiagem é comum haver queimadas no cerrado, fazendo com que os enxames sejam desabrigados e, desta forma, ocorre a migração forçada para a área urbana.

Além disso, conforme biólogos, na época de seca também há muito mel estocado, o que faz com que abelhas fiquem mais agressivas e ocorra os ataques.

Deixe seu Comentário

Set 2

Leia Também

Bolsonaro tem alta e deixa hospital em São Paulo
WWF-Brasil lança concurso de fotografia para destacar as belezas naturais do Pantanal e da bacia do Alto Paraguai
Violência por dizer “não” ao ex-namorado fez Ana largar tudo e sair pelo mundo
Dica da semana: "O Homem que Viu o Infinito"
MS registrou 2.070 focos de calor em setembro, segundo dados do Inpe
Em 12 horas, queimadas destruíram 200 hectares em Bodoquena
Sem poder doar medula para Calebe, mãe quer alguém compatível para livrar seu filho da leucemia
Mato Grosso do Sul é o segundo no País com mais abates de bovinos
Homem leva mordida de cão, exige desculpas do vizinho e denuncia crime em MS: 'Coloca vinagre que é bom'
Marido quer que mulher aborte bebê só porque é uma menina