Menu
Busca sexta, 10 de julho de 2020
(67) 99820-0742
Set

Caminhoneiro de 61 anos é a 7ª vítima fatal do coronavírus em Campo Grande

31 maio 2020 - 11h00Por Midia Max

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) de Campo Grande confirmou na manhã deste domingo (31) a sétima morte pelo novo coronavírus (Covid-19) no município. A vítima é um caminhoneiro de 61 anos, portador de diabetes mellitus e hipertensão arterial, que estava internado desde 26 de maio no Hospital Regional.

A Superintendência de Vigilância em Saúde apontou, ainda, que ele não tinha vínculo com casos confirmados, porém, esteve recentemente em Paulínia, no interior do Estado de São Paulo –que registra o maior número de casos e mortes do país.

O paciente começou a manifestar sintomas em 23 de maio: ele relatou febre, tosse, dor de garganta, falta de ar e desconforto respiratório. Três dias depois, deu entrada no HR com quadro de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) e foi internado em UTI, intubado e colocado sob ventilação mecânica. O quadro se agravou na tarde de sábado (30), com o óbito sendo confirmado por volta das 14h30.

Trata-se da sétima morte por Covid-19 na Capital. Antes, três mulheres, de 71, 63 e 83 anos, e três homens, de 74 anos, 95 anos e 38 anos, não resistiram à Covid-19. Todas as vítimas integravam algum dos grupos de risco para o coronavírus –diabetes, obesidade e idade avançada, principalmente.

A Sesau reiterou que tal dado reforça a necessidade de cuidados preventivos em relação ao contato dos integrantes do grupo de risco com outras pessoas, sobretudo jovens –que têm mais chances de portarem o coronavírus sem manifestar sintomas. O isolamento social é reforçado para tais pessoas.

Campo Grande registrou, até aqui, 289 casos de coronavírus, com 7 mortes e 226 pacientes declarados recuperados. Oito seguem em internação hospitalar (4 em UTI e 4 em leitos clínicos) e 48 em isolamento domiciliar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Com gasolina mais cara, inflação volta a subir em Campo Grande
MS passa dos 12 mil casos de coronavírus e registra 146 mortes pela doença
Avó de esposa de Bolsonaro continua internada com coronavírus
MPMS vai investigar denúncias de irregularidades em ‘curso de bombeiro mirim’ em Campo Grande
Proibida de participar de licitação, empresa ganha pregão de R$ 60 milhões com a Sefaz-MS
Presidente da Bolívia testa positivo para covid-19
Duas jovens paulistas são presas em MS com malas recheadas de maconha
OMS manda especialista para investigar origem da Covid-19 na China
Frio começa a ir embora no fim de semana em Mato Grosso do Sul
Exame particular da covid-19 pode custar entre R$ 160 e R$ 300 na Capital