Menu
Busca sexta, 25 de setembro de 2020
(67) 99820-0742

Unidades do Cras vão atender animais atingidos pelas queimadas em MS

15 setembro 2020 - 10h17Por Topmidia

Animais silvestres afetados pelos incêndios em Mato Grosso do Sul serão atendidos por estruturas do Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) montadas nas regiões mais críticas do Estado.

Conforme divulgado no portal do Governo, a iniciativa passou a valer a desde ontem (14) articulada pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e o Imasul (Instituto de Meio Ambiente de MS).

Um veículo adaptado para atuar como uma unidade móvel do Cras irá atender os animais do Parque Estadual das Nascentes do Rio Taquari e região, nos municípios de Alcinópolis e Costa Rica. A unidade contará com médico veterinário do Cras para atendimento ambulatorial de emergência.

Além disso, na região de Corumbá e Ladário a recepção contará com apoio da PMA (Polícia Militar Ambiental, onde será montado um centro de atendimento. A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) disponibilizou a base de pesquisa na estrada-parque também para receber animais atingidos pelo fogo.

O veículo está equipado com medicamentos e equipamentos para realização de exames para atendimento por dez dias. Até o momento, apenas um cervo, um preá e uma anta chegaram ao Cras por consequência das queimadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia do Rio desarticula grupo que aplicava golpe da casa própria
Governo libera entrada de estrangeiros em todos os aeroportos do país
País tem 13 milhões de desempregados
Bolsonaro é internado para fazer cirurgia em São Paulo
Homem é assassinado com 6 tiros em frente a espetinho
PM de Corumbá prende indivíduos por Tráfico de Drogas no bairro Popular Nova
Rapaz morre após bater moto em carro no Estrela do Sul
Saúde atualiza novamente procedimentos para aborto no SUS
Libertadores: Líder do Grupo G, Santos enfrenta o Delfín no Equador
Justiça autoriza retorno das aulas no Colégio Militar do Rio