Menu
Busca sexta, 23 de outubro de 2020
(67) 99820-0742

Rafael estava morando com irmão gêmeo para proteger recém-nascido da covid

28 setembro 2020 - 08h30Por Top Midia News

A morte dos gêmeos Alexandre e Rafael Müler Passos, 31 anos, deixou família e amigos consternados.

No velório, a esposa de Rafael, Loruana Paula de Souza, 29 anos, conta que viu o marido pela última vez às 11h de sexta-feira (25). “Nem deu tempo de registrar nosso filho”, lamenta a mãe de um bebê de sete dias.

Segundo Loruana, Rafael era uma ótima pessoa, caseiro, tomava a cervejinha dele em casa mesmo e estava morando com o irmão para protegê-la, já que teve uma gravidez de risco e ele trabalhava com o público. Eles pretendiam voltar a morar juntos assim que o perigo da covid-19 diminuísse.

Alexandre também deixa um filho, de 13 anos, em Manaus. 

O crime

Os irmãos foram executados com pelo menos 10 tiros de pistola 9 milímetros, na noite da última sexta-feira (25), em uma quitinete que alugavam no Bairro Mata do Jacinto, região norte da Capital. A polícia investiga o caso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Filhos ficam 3 dias com pais mortos em casa
Capital sem favelas, desafogar o SUS e mobilidade urbana foram temas do programa dos candidatos
Sete cadáveres são achados em contêiner vindo da Sérvia para o Paraguai
Mãe de três, diarista só quer um emprego para alimentar os filhos
Campo Grande cai para ‘bandeira laranja’ no risco da covid-19
Criador do bordão 'bigodin finin, cabelin na régua' morre afogado no RJ
'Machão' quebra móveis e espanca ex mesmo com criança no colo
Mulher termina namoro e ex ameaça expor fotos íntimas nas redes sociais
Grávida é agredida e arrastada pelos cabelos pelo marido bêbado
PF vai pra cima de servidor da Receita Federal que dava passa livre para contrabandistas