Menu
Busca sexta, 14 de agosto de 2020
(67) 99820-0742
Set

Procon faz ‘batida’ para garantir passagens de ônibus de graça para idosos

12 dezembro 2019 - 17h00Por Campo Grande News

Em um ano, o Procon de Mato Grosso do Sul registrou aumento de 40% no número de reclamações de idosos que tiveram dificuldades para conseguir gratuidade ou desconto na compra de passagens de ônibus, conforme prevê o Estatuto do Idoso. Para combater irregularidades, a rodoviária de Campo Grande recebeu nesta quinta-feira (12) terceira fase da ‘Operação Ir e Vir’.

Além de receber denúncias e fiscalizar, o Procon montou base móvel para atender os usuários. De acordo com o superintendente Marcelo Salomão, as inspeções serão feitas até o fim do ano. “A procura por passagens é maior nessa época do ano ano, justamente por isso, acontecem muitas ocorrências em que o direito dos consumidores não são respeitados”, explica.

A Lei prevê que as empresas não podem se abster da gratuidade, regulamentada por três decretos que determinam reserva para idosos no transporte rodoviário, ferroviário e aquaviário. “É preciso reter duas vagas gratuitas por linha, caso esse número tenha sido preenchido, o idoso tem o direito a 50% de desconto no valor da passagem”, afirma, Salomão.

Isso foi o que aconteceu com a aposentada Naide Monteiro, de 60 anos. O caso dela foi intermediado pelos fiscais do Procon, que garantiram desconto na compra da passagem da idosa para o Rio de Janeiro. “A empresa já tinha marcado as duas passagens gratuitas e comprovaram isso. Consegui o desconto e saiu a R$ 185”, conta.

Mesmo com o desconto, Naide lembra da dificuldade em conseguir o benefício previsto em Lei. “Às vezes a gente se sente humilhada porque é muito difícil achar passagem, sempre tem uma desculpa”, lembra.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem baleado na cabeça na Mato Grosso morre na Santa Casa
Homem envia fotos nuas da ex-mulher em aplicativo e acaba preso em Anaurilândia
Cloroquina 'some' das farmácias e preço vai às alturas; pacientes com lúpus são prejudicados
Comerciante é executado a tiros enquanto aguardava em semáforo na fronteira
Com mais de mil casos em 24h, MS tem 34,5 mil infectados e 570 mortes por coronavírus
Concurso público com salários de até R$ 3,1 mil prorroga prazo de inscrições
Paranaíba: donos de veículos apreendidos pela polícia têm prazo de 30 dias para evitar leilão
Campo Grande é 5ª cidade mais infiel na pandemia, diz aplicativo
Pastor da 3ª Igreja Batista morre vítima do coronavírus em Campo Grande
Bolsonaro: vamos fazer silêncio para ela falar ‘fora Bolsonaro’ sozinha