Menu
Busca sexta, 05 de junho de 2020
(67) 99820-0742
Set

Polícia Militar de Mato Grosso do Sul troca comando-geral nesta sexta-feira

22 maio 2020 - 11h45Por MidiaMax

Foi publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (22) a troca no comando da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul. coronel Waldir Ribeiro Acosta deixa o comando-geral após três anos e quem o substitui é o também coronel Marcos Paulo Gimenez, que já passou pelo comando do Batalhão de Choque em Campo Grande e atualmente era diretor do DOF (Departamento de Operações de Fronteira).

Também há trocas de subcomandantes, foi exonerado o coronel Edmilson Lopes da Cunha, para assumir o coronel Renato dos Anjos Garnes, que estava atuando atualmente na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. A passagem de comando deve acontecer às 10 horas, no comando geral da PMMS e será transmitida online.

O coronel Waldir que deixa o comando, agora segue para a reserva, pelo tempo de serviço. A indicação contou com o respaldo do atual comandante da PM. “Desejo muito sucesso ao Marcos Paulo. O que puder auxiliá-lo, estou aqui pronto para o que for possível. Desejo que ele possa crescer junto com a sua tropa”, disse o coronel Acosta, que deixará o cargo após 5 anos listando, entre as ações, o Curso de Formação para Oficiais formados em Direito, a construção dos quartéis de Jardim e Coxim, redução dos índices de criminalidade e criação do Grupamento Aéreo.

O coronel Waldir Ribeiro Acosta vai para a reserva 28 anos após sua formação. Primeiro ‘praça’ a assumir o comando da PMMS, o coronel é natural de Campo Grande e se formou na academia de Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro em 1992. Ele também é formado em direito pela Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) e pós-graduado em Gestão Ambiental e Direito Constitucional. Antes de assumir o comando-geral, comandou o policiamento Metropolitano.

O coronel Marcos Paulo Gimenez, de 46 anos, é natural de Porecatu (PR). Ingressou na PM com 20 anos de idade e ao longo da carreira, foi Comandante do 2º Pelotão de Rádio Patrulha – Coophasul; Comandante do Pelotão de Choque/Rádio Patrulha; Chefe de Equipe do DOF; Comandante do Corpo de Alunos da CFAP; Subcoordenador de Segurança Institucional.

Entre 2008 e 2009, foi comandante da ROTAC/CIGCOE, depois subcomandante da CIGCOE e em 2012 assumiu o comando da Companhia. Já em 2013 foi comandante do Batalhão de Choque, onde permaneceu até 2016, quando retornou para a CFAP e atualmente estava à frente do DOF (Departamento de Operações de Fronteira).

O novo comandante da PMMS é bacharel em Direito, pós-graduado em direito penal e processo penal e também tem graduação em administração, administração pública e pós em administração pública e em gestão pública.

A solenidade de transmissão do cargo será fechada em razão das ações de enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19), com transmissão pela internet.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS se destaca com originalidade da Corrida Digital
SOFRIMENTO DE MÃE: "Pedi para Jesus tirar minha vida de dar a ele", diz Mirtes
Adolescente tem fotos íntimas compartilhadas na internet e aciona polícia
Irmãos do crime são presos e confessam assassinato em Dourados
Covid-19: Japão pode dar US$ 300 milhões para vacinas
México tem aumento recorde de casos de covid-19
#MEUambiente: concurso de cartazes está com inscrições abertas
Bolívia estuda volta do futebol e jogo contra a Seleção Brasileira
Petrobras eleva preço do gás de cozinha em 5% nas refinarias
Bombeiros fazem resgate de brasileiro com covid-19 na Bolívia; paciente está na UTI