Menu
Busca sexta, 05 de junho de 2020
(67) 99820-0742
Set

Não afrouxar quarentena é recomendação de Mandetta, diz Marquinhos

29 março 2020 - 12h00Por Top Midia

Diante da pandemia do coronavírus, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) foi um dos primeiros a decidir pela quarentena, decisão que tem sido alvo de críticas de parte do empresariado. Porém, o chefe do Executivo afirma que a medida foi indicação do próprio ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

D durante live no Facebook, neste sábado, ele voltou a afirmar que está seguindo as recomendações do Ministério da Saúde.

“Não afrouxar quarentena é recomendação de Mandetta”, pontou. Marquinhos, inclusive, afirmou que conversou com o primo ministro, que elogiou a atitude tomada na Capital de Mato Grosso do Sul 

O prefeito também destacou que o comércio retorna apenas no dia 6 de abril, conforme previsto anteriormente.

Em Campo Grande são 25 casos confirmados, e 31 em Mato Grosso do Sul. Em todo Brasil, já são 111 mortes pela doença, nenhuma em MS.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SOFRIMENTO DE MÃE: "Pedi para Jesus tirar minha vida de dar a ele", diz Mirtes
Adolescente tem fotos íntimas compartilhadas na internet e aciona polícia
Irmãos do crime são presos e confessam assassinato em Dourados
Covid-19: Japão pode dar US$ 300 milhões para vacinas
México tem aumento recorde de casos de covid-19
#MEUambiente: concurso de cartazes está com inscrições abertas
Bolívia estuda volta do futebol e jogo contra a Seleção Brasileira
Petrobras eleva preço do gás de cozinha em 5% nas refinarias
Bombeiros fazem resgate de brasileiro com covid-19 na Bolívia; paciente está na UTI
Corpo de idoso com suspeita de coronavírus desaparece de hospital no Rio de Janeiro