Menu
Busca terça, 11 de agosto de 2020
(67) 99820-0742
Set

Marido é preso por estuprar mulher duas vezes após a agredir e deixar inconsciente

13 julho 2020 - 12h00Por Midiamax

Foi preso na última sexta-feira (10), homem de 42 anos acusado de agredir e estuprar a esposa, de 46 anos. A mulher ainda suspeita que está grávida do marido, que a teria agredido até que ela ficasse inconsciente.

Segundo as informações da Polícia Militar, na noite de quinta-feira (9) a vítima fez o jantar para o marido e havia sobrado comida. Então, ela sugeriu que ele levasse um pouco do alimento para o patrão, quando o homem começou a ficar alterado, sugerindo que a vítima estivesse tendo um caso com o chefe dele.

A partir daí, começaram as agressões. O marido deu vários socos e tapas na vítima, que acabou ficando inconsciente. Depois de recuperar a consciência, quando foram dormir, o homem chegou a pedir desculpas para a vítima e tentou manter relação sexual, mas ela se negou.Foi então que o marido estuprou a vítima. Ele ainda chegou a fazer ameaças, dizendo que se fosse preso mataria a mulher. Assim, ela acionou a Polícia Militar, que fez a prisão em flagrante. O homem foi detido e levado para a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), onde o caso foi registrado como estupro, lesão corporal dolosa e ameaça, qualificados pela violência doméstica.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio de R$ 11 milhões
Produção industrial cresce em 14 locais em junho, diz IBGE
INSS amplia serviço alternativo para receber documentação de segurados
Ipea: consumo aparente de bens industriais cresce 5,2% em junho
Proibido consumo de bebidas em bares e locais públicos de Campo Grande
Safra deste ano deve ser 3,8% superior à de 2019, prevê IBGE
Rio testará marcação de lugar na praia por aplicativo
CBF anuncia novas datas de confrontos da 3ª fase da Copa do Brasil
Internacional Covid-19: Nova Zelândia põe maior cidade em lockdown após 102 dias
Senai já entregou mais de 2 mil respiradores recuperados a hospitais