Menu
Busca sábado, 11 de julho de 2020
(67) 99820-0742
Set

Mãe em trabalho de parto é dispensada com dipirona e aviso que bebê nasceria em duas semanas

30 junho 2020 - 09h00Por Top Midia News

Carlos Henrique, 25 anos, se viu numa situação de desespero até conseguir internar a esposa Dayane Silva, de 28 anos,  que estava em trabalho de parto, neste sábado (27). Ele fez publicação no grupo Aonde Não ir em Campo Grande e disse que um médico da maternidade Cândido Mariano dispensou atendimento e previu o nascimento da criança para daqui duas semanas. 

A parturiente já estava com 38 semanas de gestação. “Ela acordou de madrugada com dor e arrumamos a sacola do bebê. Depois seguimos para a maternidade. Chegamos lá por volta das 6h da manhã, minha esposa foi atendida por volta das 8h30 e o médico disse que as dores e contratações eram normais porque o neném era muito grande. Ele passou dipirona pra ela, disse que não tinha motivos para internação e ocupar leito, pois a maternidade estava cheia. Ele disse para irmos embora porque ela iria aguentar mais duas semanas”, contou o pai.

Ao sair da maternidade, Carlos optou por ir ao Hospital Universitário, onde horas depois Dayane dele teve o bebê, por meio de cesariana. “Fomos muito bem atendidos, a bolsa estourou às 15h35, e ela já estava com 8 centímetros de dilatação. Mas o neném não encaixou e foi feita uma cesariana. Isso porque era para nascer daqui duas semanas”, ironizou o pai, em referência à maternidade onde teve o primeiro atendimento.

Carlos explicou que a esposa está bem e feliz que, no final, tudo deu certo. O menino, batizado de Bryan Henrique, nasceu forte, com 3,5 kg.

Posicionamento da maternidade

Em contato com a maternidade, Cândido Mariano a assessoria de comunicação afirmou que:  "os profissionais do hospital seguem todas as determinações do Ministério da Saúde e de políticas de saúde pública, bem como o acolhimento e a qualidade na atenção ao parto e nascimento. Sobre o caso, a diretoria da Maternidade Cândido Mariano está apurando a denúncia e ressalta que todas as providências estão sendo tomadas pela direção, estando à disposição para esclarecer qualquer informação".

Deixe seu Comentário

Leia Também

Criança atropelada na MS-276 está internada em estado gravíssimo
Morador de Rio Brilhante morre de covid-19 aos 55 anos
Capotamento de Hilux destruiu raio-x que seguia para a UPA Universitário
Brasil chega aos 70 mil mortos pela covid-19
Em 14 dias, ocupação das UTIs de Campo Grande quase dobrou e chega a 75%
Ex-secretário de Saúde do Rio estava com R$ 6 milhões em espécie
Justiça rejeita pedido de interferência na Prefeitura de Dourados sobre falta de leitos
Polícia fiscaliza 12 toneladas de pescado em Campo Grande e encontra irregularidade
Com gasolina mais cara, inflação volta a subir em Campo Grande
MS passa dos 12 mil casos de coronavírus e registra 146 mortes pela doença