Menu
Busca domingo, 26 de janeiro de 2020
(67) 99820-0742
Set

Jovem foi morto por amigo de infância por dívida de R$ 10 em Campo Grande

15 janeiro 2020 - 10h15Por Top Mídia News

A morte de Vitor Hugo de Oliveira da Silva, de 20 anos, na última segunda-feira (13), teria sido motivada por dívida de drogas, no valor de R$ 10.

Ele foi executado em plena luz do dia em uma casa na Travessa das Pedras, ao lado do Kartódromo Ayrton Senna, no bairro Nova Capital.

Durante audiência de custódia nesta quarta-feira (15), Edson Gomes da Conceição, disse que na madrugada do dia do crime estava com a vítima e o irmão, José David Gomes Conceição e que todos faziam o uso da bebida alcoólica.

Já no início da manhã, segundo Edson, José teria comentado que Vitor teria o agredido e que estava chateado com a situação.

Diante dos fatos, ambos foram até a casa de Vitor, momento em que José desceu e efetuou os disparos, depois disso, entrou no carro com o irmão e foi embora.

Ainda durante o depoimento, Edson diz que desconhecia que o irmão tinha atingindo a vítima. José confirmou a versão do irmão, e citou uma dívida de R$ 10 da compra de drogas do ano de 2009, de Vitor.

Os dois passam por audiência de custódia no Fórum, onde será decidido se a prisão em flagrante será convertida em preventiva.

 

 

Deixe seu Comentário

Set 2

Leia Também

Idosa cai de escada e morre ao bater cabeça na calçada
Com estoque no Hemosul baixo, família pede doações para criança com leucemia
Por ‘ciúmes’, homem de 39 espanca e fere com facada namorada de 19 anos
Motorista de aplicativo invade canteiro, derruba placa e bate em 2 carros
Prefeitura lança Carnaval; expectativa é de crescimento na movimentação financeira da cidade
Com duas atrações nacionais, carnaval 2020 terá extensa programação
Mudanças climáticas podem fazer ventos atingir 150 km/h em MS
Deputado paraguaio tem casa alvejada por 30 tiros de fuzil na fronteira
Saúde investiga se mulher de 52 anos é a 5ª vítima da dengue no Estado
China constrói hospital de mil leitos como parte do esforço do país contra o novo coronavírus