Menu
Busca terça, 27 de outubro de 2020
(67) 99820-0742

Japão vê dificuldades para descartar resíduos de água radioativa

18 outubro 2020 - 09h30Por Agencia Brasil

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão declarou que há dificuldades técnicas em três opções propostas para descartar resíduos de água radioativa tratada e armazenada na usina de energia nuclear danificada Fukushima 1, localizada no Nordeste do país.

Os resíduos contêm água que havia sido usada para resfriar o combustível nuclear derretido após fusões de reator em março de 2011, assim como contém água de chuva que escorreu para o solo sob os reatores. Posteriormente, a água passa por tratamento para remover a maior parte das substâncias radioativas, mas alguns elementos, como o trítio, permanecem. O volume de água armazenada vem aumentando.

O ministério realizou audiências com moradores locais e organizações, para ouvir opiniões do público durante os últimos meses.

As três propostas sugeridas incluem a solidificação da água tratada por meio de uma mistura com argamassa. Contudo, autoridades do ministério afirmam que isso aumentaria o volume total, o que tornaria difícil conseguir um local para armazenamento.

Outra opção é o uso de embarcações para transportar a água para ilhas remotas. Entretanto, segundo as autoridades, levaria tempo para preparar instalações grandes o suficiente para essa alternativa.

A terceira ideia é usar reservatórios ou canais de drenagem para transferir a água para armazenamento e descarte. Contudo, as autoridades dizem que há problemas de regulamentação para essa opção.

O ministério também declarou que uma opção realista seria o descarte da água no mar, após passar por diluição até um nível que cumpra requisitos ambientais e outras normas. Essa é a mesma avaliação feita por um subcomitê governamental em fevereiro.

Na última semana, o Ministério da Economia japonês informou as autoridades locais sobre como planeja combater rumores prejudiciais caso a água seja lançada ao mar. A expectativa é de que o órgão prepare alternativas para a possibilidade de descarte da água residual no mar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mulher é esfaqueada pelo marido e morre
Marquinhos Trad tem quase 40% à frente do 2º colocado, aponta pesquisa
Marroquino tenta matar esposa com faca durante encontro com amigo no Carandá Bosque
Homem surta durante abordagem e tenta 'socar' policiais em conveniência
'Fujão' abandona quatro capivaras mortas no Aero Rancho
Motorista perde controle de carro em curva, capota e morre em rodovia
Idoso estava saudável e morte precoce surpreendeu família
PM prende homem que estava atirando para comemorar aniversário no Vespasiano Martins
Vacina da Oxford tem fortes respostas imunes em voluntários idosos
Em protesto, família de PM morto pede expulsão de advogado da OAB-MS