Menu
Busca sexta, 10 de julho de 2020
(67) 99820-0742
Set

Fatura de água deve aumentar em 2020, decreto aprova reajuste de tarifas

04 dezembro 2019 - 10h20Por MidiaMax

O próximo ano começará com reajuste no consumo final das faturas de água, o novo valor das tarifas da rede de água e esgoto será 2,55% maior que as taxas anteriores. O reajuste foi aprovado nesta quarta-feira (04) e o decreto está publicado no Diário Oficial de Campo Grande.

As novas taxas começam a ser aplicadas nas faturas a partir de 03 de janeiro de 2020. O reajuste pode significar aumento de até R$ 0,74 na tarifa de água em imóveis residenciais que tem faixa de consumo acima de 50m³ e, até R$ 0,52 na tarifa de esgoto para esta mesma faixa de consumo.

Para imóveis comerciais que consomem acima de 10m³, o valor da taxa de água pode subir até R$ 0,90 e de esgoto fica até R$ 0,63 mais caro. As tarifas fixas que poderão sofrer mais aumento são as do setor industrial e do poder público, que ficam R$ 9,87 e R$ 3,98 mais caras, respectivamente.

As taxas são calculadas a cada metro cúbico consumido pelo cidadão, ou seja, esses valores se aplicam multiplicados pela quantidade de água consumida no imóvel. Um imóvel residencial que consome quatro metros cúbicos e se enquadra na faixa de consumo de até 10m³, que antes tinha valor cobrado a R$ 4,85, passa a ter a taxa de água no valor de R$ 5,16.

O valor da fatura é realizado pela seguinte equação: o valor de metros cúbicos consumidos x a tarifa da faixa de consumo da categoria + a taxa de esgoto + tarifa fixa. Veja abaixo o infográfico de como é a fatura atual desta casa e como passará a ficar com o reajuste.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Com gasolina mais cara, inflação volta a subir em Campo Grande
MS passa dos 12 mil casos de coronavírus e registra 146 mortes pela doença
Avó de esposa de Bolsonaro continua internada com coronavírus
MPMS vai investigar denúncias de irregularidades em ‘curso de bombeiro mirim’ em Campo Grande
Proibida de participar de licitação, empresa ganha pregão de R$ 60 milhões com a Sefaz-MS
Presidente da Bolívia testa positivo para covid-19
Duas jovens paulistas são presas em MS com malas recheadas de maconha
OMS manda especialista para investigar origem da Covid-19 na China
Frio começa a ir embora no fim de semana em Mato Grosso do Sul
Exame particular da covid-19 pode custar entre R$ 160 e R$ 300 na Capital