Menu
Busca sábado, 19 de setembro de 2020
(67) 99820-0742

Falso médico acusado de morte de paciente vai a júri popular em novembro

16 setembro 2020 - 10h30Por Top Midia News

O falso médico Marx Honorato Ortiz, 38 anos, vai a júri popular no dia 4 de novembro, em Sete Quedas. Ele é acusado de ter atuado de maneira ilegal no Hospital Municipal de Paranhos e é apontado como responsável pela morte de João Maria Padilha da Silva, 56 anos, em 2014.

 De acordo com a Assessoria do Fórum de Campo Grande, o mandado de intimação do falso médico foi expedido ontem (15) e ele está recolhido na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol, em Campo Grande.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, Honorato usou os documentos, inclusive o registro profissional emitido pelo CRM-MS (Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso do Sul), do médico Marcell Marques Peres, para ser contratado no hospital de Paranhos.

Ele atuou como plantonista no hospital do interior nos meses de novembro e dezembro de 2014.  Ele teria socorrido João Maria no dia 14 de dezembro no município. O paciente chegou ao hospital passando mal e com um sangramento.

Marx  teria apenas aferido a pressão do paciente e dito que ele podia voltar para a casa. João Maria só foi internado na terceira vez que foi ao pronto-socorro, mas não resistiu. O falso médico responde por homicídio doloso, exercício ilegal da profissão, falsidade ideológica e desobediência.

Em depoimento, ele disse aos policiais que exerceu cinco anos de medicina em Santa Cruz de La Sierra e depois na Bolívia. Ele alega que tentava validar seu diploma.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prefeitura do Rio anuncia futebol com torcida a partir de 4 de outubro
Campo Grande ultrapassa 19 capitais e é 8ª melhor do país em cobertura da atenção básica
Durante voo em MT, avião com Bolsonaro arremete por conta da fumaça
Homem agarra colega de trabalho, a beija e se masturba
'Menina moleca, alegre e sorridente', dizem amigos sobre jovem morta após aplicação estética
Atacadão pretende reconstruir loja; perícia analisa lâmpadas de gôndolas
PRF prende homem com quase 47 kg de pasta base cocaína em Anastácio
Total de mortos pela covid-19 chega aos 135 mil no Brasil, diz boletim
Justiça decreta prisão preventiva de mulher que matou marido
Jovem é picado 8 vezes pela mesma cobra em um mês