Menu
Busca sexta, 07 de agosto de 2020
(67) 99820-0742
Set

Exame particular da covid-19 pode custar entre R$ 160 e R$ 300 na Capital

10 julho 2020 - 11h30Por Topmidia

O aumento da procura por exames laboratoriais relacionados a Covid -19,  levou o Procon/MS,  a  realizar pesquisa de preços em laboratórios de análises clínicas de Campo Grande.

A finalidade é informar o consumidor sobre custos e possibilidade de gastar menos para o pagamento dos procedimentos, quando realizados de maneira particular.

Os levantamentos  foram realizados no período de 3 a 8 de julho envolvendo oito laboratórios. A verificação levou em conta três fatores: Proteína C Reativa (PCR), sorologia e teste rápido. A pesquisa detectou diferenças de 60% nos preços em relação ao exame de PCR a 87,50% em relação à PCR. Neste caso, no Ultralab, o exame custa R$ 250,00 enquanto no Biodiagnostic não sai por menos de R$ 400,00.

Em relação à sorologia, a diferença de preços é um pouco menor,  52,17%. Mesmo assim é interessante que o consumidor  se  oriente por pesquisas  como forma de evitar  gastos excessivos quando necessitar  de tais exames.  Nesse caso, no Novalab o valor cobrado é de  R$ 230,00 enquanto no Labclin custa R$ 350,00. A outra modalidade de exame, teste rápido, foi a que apresentou variação maior, 87,50%. O procedimento é realizado por R$ 160,00 no Ultralab e por R$ 300,00 no Labclin.

O Procon Estadual verificou, também, o tempo necessário para entrega de resultados dos exames. No caso da PCR, varia de quatro a sete dias. Em relação a Sorologia, esse tempo varia de um a quatro dias enquanto o teste rápido o tempo para entrega vai de duas horas após a coleta a um dia útil. Outro detalhe verificado na pesquisa é que o laboratório Multilab  só realiza o exame de PCR mediante coleta domiciliar.

 

Os laboratórios pesquisados foram Célula na avenida Júlio de Castilho, Multilab na avenida Mato Grosso 3 659,  Biodiagnostic na Pedro Celestino 1 717, Labclin na Marechal Rondon 1 964, Novalab na Dom Aquino 2 172, Oswaldo Cruz na Maracaju 957,  Sabin na Afonso Pena 3 813 e Ultralab na Barão do Rio Branco 2 050.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Musa da Bala que vendia drogas pela internet com entrega em casa é presa
Moradores encontram corpo de rapaz executado com vários tiros em Paranhos
Duas pessoas morrem em acidente de trânsito na Lúdio Martins Coelho
Avião se parte ao meio durante aterrissagem na Índia
Pandemia fez com que pai acompanhasse nascimento do filho por videochamada
TJMS mantém condenação a casal por falsidade ideológica em licitação
Funcionários protestam contra demissões e terceirização na Energisa em Mato Grosso do Sul
Mato Grosso do Sul tem recorde de mortes por coronavírus e 514 internados
Filha de cantora Vanusa pede ajuda de R$ 150 mil para comprar casa para viver com a mãe
Funcionário não aceita demissão e ameaça fazendeiro