Menu
Busca terça, 11 de agosto de 2020
(67) 99820-0742
Set

Ex-secretário de Saúde do Rio estava com R$ 6 milhões em espécie

11 julho 2020 - 09h40Por Topmidia
 

Edmar Santos, ex-secretário de Saúde do Rio de Janeiro, no Governo Wilson Witzel, foi preso e teve R$ 6 milhões apreendidos, nesta sexta-feira (10), em operação do Ministério Público Estadual. Santos é investigado em esquema de propina na compra de equipamentos para combater a covid no Estado. 

O dinheiro estava em endereços ligados a Santos, que foram alvos de busca e apreensão. Antes do achado dos valores, o grupo de promotores e procuradores foi ate a casa do ex-secretário e o prendeu. 

Além da quantia, bens e valores de Edmar foram confiscados judicialmente até que atinjam R$ 36.922.920, valor correspondente ao que o ex-secretário desviou dos cofres públicos em três contratos fraudados, segundo o MP.

Os contratos eram para compra de equipamentos médicos para abastecer o sistema público de saúde durante a pandemia de Covid-19.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio de R$ 11 milhões
Produção industrial cresce em 14 locais em junho, diz IBGE
INSS amplia serviço alternativo para receber documentação de segurados
Ipea: consumo aparente de bens industriais cresce 5,2% em junho
Proibido consumo de bebidas em bares e locais públicos de Campo Grande
Safra deste ano deve ser 3,8% superior à de 2019, prevê IBGE
Rio testará marcação de lugar na praia por aplicativo
CBF anuncia novas datas de confrontos da 3ª fase da Copa do Brasil
Internacional Covid-19: Nova Zelândia põe maior cidade em lockdown após 102 dias
Senai já entregou mais de 2 mil respiradores recuperados a hospitais