Menu
Busca quinta, 04 de junho de 2020
(67) 99820-0742
Set

Covid-19: Governo Federal zera estoque de equipamentos de proteção a profissionais de saúde

02 abril 2020 - 11h00Por Midia Max

O Ministério da Saúde zerou o estoque de esquipamentos de proteção para profissionais da área que estão atuando no combate à pandemia de coronavírus no país, informou hoje reportagem do jornal carioca O Globo.

A pasta distribuiu 40 milhões de itens a estados e municípios e tenta comprar cerca 720 milhões de produtos, sendo 200 milhões de máscaras.

O Globo ainda afirma que fornecedores chineses de parte da encomenda alegaram não poder entregar conforme combinado, devido à alta demanda em decorrência da pandemia. Uma compra robusta do Estados Unidos, segundo o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, fez com que alguns contratos brasileiros “caíssem”. 

 

Diante do problema, o Ministério da Saúde teria recorrido a outros selecionados e espera receber do quinto fornecedor. No entanto, o ministro ressaltou receio de que, em cima da hora, a empresa informe que não pode entregar.

Mandetta destacou, porém, que por enquanto as secretarias locais de Saúde estão abastecidas com o material. No entanto, o pico da epidemia é previsto para este e os próximos dois meses. O ministro fez um apelo a gestores estaduais e municipais que também façam suas compras de equipamentos de proteção individual. As declarações sobre problemas nas compras foram dadas em coletiva de imprensa na Palácio do Planalto nesta quarta-feira.

Mandetta disse que, no caso de respiradores, importantes para pacientes graves, fornecedores que já tinham sido contratados disseram que não tinham mais estoque para atender.

Ontem, o ministro recomendou o uso de máscaras de TNT (tecido-não-tecido) até para os brasileiros que não estiverem apresentando os sintomas, mas precisem sair de casa. Ele afirmou que negociou a confecção de máscaras desse material com setores da indústria têxtil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Professor de agronomia é liberado de cárcere mais de 10 horas após sequestro e roubo
Atleta diz que não respeitou quarentena e tem medo de perder os pais para Covid-19
Para de ser tão ciumenta: mulher surta e esfaqueia marido em residência
Cantora gospel morre de Covid-19 e deixa marido infectado
“É desesperador, estou pagando as parcelas ainda”, diz trabalhador ao ver carro pegando fogo
Santa Casa de Corumbá recebe recursos do Ministério da Saúde para ações de controle ao Covid-19
Muambeiro é preso com mercadoria do Paraguai em hotel
Por gasolina a R$ 2,50 o litro, douradenses enfrentam frio e fila que começou às 3h
Espanha reabrirá fronteiras terrestres com Portugal e França neste mês
José de Abreu é desligado da Globo após 40 anos