Menu
Busca quarta, 25 de novembro de 2020
(67) 99820-0742

Cansada do preconceito, mulher com falhas no cabelo procura salão 'que tenha humanidade'

20 novembro 2020 - 12h00Por Top Midia News

Portadora da tricotilomania, desordem que faz a pessoa arrancar fios ou tufos de cabelo, uma mulher foi às redes sociais pegar indicação de um salão de beleza que seja sensível ao problema dela. Ela diz estar cansada do preconceito e indiferença que sofreu em outros estabelecimentos. 

Conforme a postagem no Facebook, no Grupo Aonde Ir em Campo Grande, a cliente diz que sofre desse problema há 15 anos e desde então sente dificuldades em ser bem atendida. 

‘’...as pessoas me trataram com nojo e indiferença. Os profissionais fazem o serviço com desdém e, sinceramente? O que menos uma tricotilomaníaca precisa é disso’’, desabafou a mulher. 

A cliente diz estar sem cortar o cabelo há dois anos, tudo por conta do trauma. No anúncio, ela postou uma foto com o cabelo de uma pessoa qualquer na internet, que tem situação parecida com a dela. 

‘’Então, se você que está lendo e tiver um salão de beleza para me indicar eu ficarei muito grata! Pode ser salão chique, pode ser salão de bairro, tanto faz, minha exigência é apenas que seja um salão sensível ao meu problema’’, pediu a mulher na rede social. 

As sugestões podem ser enviadas para o perfil: https://www.facebook.com/fernandagaunamorim

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidadão comum pode monitorar eleições
Sustentabilidade no ambiente de trabalho: Pequenas ações em favor do meio ambiente
Obra criada por pesquisadores da UEMS concorre ao prêmio Jabuti
Após perseguição, trio que roubou veículo acaba na cadeia em Campo Grande
PF, MPF e CGU investigam contratos de saúde em municípios do Rio
Em tentativa de roubo de banco, quadrilha troca tiros com a polícia e toca o terror
Tênis de mesa: Takahashi estreia nesta terça no Masters da Espanha
Câmara aprova homenagem a Luan Santana pelo projeto “O Pantanal Chama”
Câmara aprova Projeto de Lei que cria o Dia Municipal do Jovem Pantaneiro
Arrecadação federal soma R$ 153,9 bilhões em outubro