Menu
Busca segunda, 28 de setembro de 2020
(67) 99820-0742

Campo Grande é 5ª cidade mais infiel na pandemia, diz aplicativo

13 agosto 2020 - 16h30Por Midia Max

Passar a pandemia em casa com o parceiro ou parceira pode ser um desafio, o que faz com que muitos procurem em terceiros novas relações. Segundo pesquisa da empresa Ruby Life, no período da quarentena, o número de relacionamentos extra-conjugais subiu exponencialmente, principalmente com affairs virtuais. No top 20 feito pela pesquisa, Campo Grande aparece em 5º lugar entre todas as cidades do Brasil.

O estudo foi feito baseado no aplicativo Ashley Madison, plataforma líder em relacionamentos extraconjugais, um dos métodos que se tornou bastante popular. A empresa divulgou uma lista das principais cidades do país para casos extraconjugais cibernéticos durante a quarentena. A pesquisa baseia-se em inscrições no Ashley Madison de 21 de março a 1 de julho de 2020 em uma base per capita.

Campo Grande é a única cidade de  presente na lista. O estado de , o estado mais populoso do país, também é a região mais infiel, com cinco cidades na lista, incluindo , Guarulhos e Campinas entre as 10 principais. Liderando o caminho como o primeiro lugar para trair durante a quarentena, no entanto, é a capital federal, Brasília.

“Esses casos extraconjugais virtuais servem como uma válvula de escape para indivíduos que lidam com pressões crescentes no casamento e na vida doméstica”, aponta Paul Keable, diretor de estratégia da Ashley Madison. “Com o aumento das taxas de divórcio nos países que iniciaram a reabertura, oferecemos um caminho alternativo para ajudar as pessoas a lidar e, finalmente, ajudar os casais a preservar o casamento depois que a poeira baixar”, explica.

Projetado em 2001 especificamente para homens e mulheres casados que procuravam ter relações extraconjugais da forma mais discreta possível, o site Ashley Madison se intitula como “o primeiro site aberto e honesto sobre o que você poderia encontrar lá: pessoas com as mesmas intenções à procura de relacionamentos entre pessoas casadas”.

No site, a descrição mostra que o serviço é destinado a pessoas que estão à procura de “um caso virtual, algo casual ou relacionamentos duradouros e discretos. Pessoas que são estudantes, mães, pais, trabalhadores de escritórios, comerciantes, empresários, aposentados e pessoas de todos os tipos. A orientação sexual, o estado civil, a idade, situação financeira e a religião não importam”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Depois de quase um mês estável, taxa de letalidade volta a aumentar em MS
Governo anuncia Renda Cidadã, com recursos de precatórios e do Fundeb
Para impedir avanço do fogo, Operação Pantanal II adota nova estratégia
51 prefeitos de Mato Grosso do Sul disputam a reeleição em 2020
'Lula' e 'Bolsonaro' disputam vagas para vereador em todo Brasil
Esacheu sugere educação focada no mercado de trabalho
Trans é espancada após se negar a fazer programa de graça
Homem se mete em briga e acaba esfaqueado pelas costas
Fundação tem 25 vagas de pedreiro com salários que vão até 4 mil
Presidente do Comercial, empresário Valter Magnini morre de covid-19