Menu
Busca segunda, 21 de setembro de 2020
(67) 99820-0742

Bolsonaro diz que isolamento vertical pode ser decretado após conversa com Mandetta

25 março 2020 - 10h00Por Midiamax
Em entrevista ao vivo do Palácio do Alvorada nesta quarta-feira (25), o presidente Jair Bolsonaro anunciou que vai discutir como ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS) sobre a possibilidade de decretar isolamento vertical no Brasil. Neste caso, apenas idosos e pessoas com comorbidades ficariam isoladas no país. 

“Conversei por alto com o Mandetta ontem (terça-feira). Hoje vamos definir essa situação. Tem que ser, não tem outra alternativa”, disse Bolsonaro ao deixar o Palácio da Alvorada. “A orientação vai ser vertical daqui para frente. Eu vou conversar com ele e tomar a decisão. Não escreva que já decidi, não. Vou conversar com o Mandetta sobre essa orientação.”

Questionado como seria feito o isolamento, o presidente se irritou. “Vai isolar quem você puder isolar. O que quer que eu faça? Que pegue os idosos e leve para isolar? A família tem que cuidar do idoso. Tudo acham que tem que ficar nas costas do governo. Família em primeiro lugar. Foi esse discurso que me elegeu. Nós seis, lá em casa, somos responsáveis pela minha mãe. Cada família cuida do seu”, anunciou. 

Bolsonaro retomou as críticas ao fechamento de comércios e citou os governadores de São Paulo e do Rio de Janeiro como promovedores ‘do caos’. “Especial Rio e São Paulo fazendo demagogia barata em cima disso. Se colocam em frente a mídia e são o Messias, que vão salvar o país. Fazem política o tempo todo. Depois vão vir me pedir ajuda. Não estou preocupado com a minha popularidade. Deus e o povo vão decidir se eu vou governar quatro ou oito anos. Não é para eu procurar a mídia e ter discurso de calamidade e histeria, como se eu fosse o pai de todos os brasileiros. O papaizão. Eu não sou. Eu tenho que seguir João 8:32 ‘E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará’. ”

Segundo Bolsonaro, foi ele mesmo quem escreveu o discurso transmitido em rede nacional, em que contrariou todas as recomendações das autoridades sanitárias para este período de quarentena, em razão do avanço da pandemia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil registra 739 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas
Trabalhadores nascidos em dezembro recebem hoje crédito do FGTS
Filho morre de covid-19 oito horas após a mãe em Santa Catarina
Mercado financeiro reduz projeção de queda da economia para 5,05%
Mulher que matou o marido com facada pode estar grávida do falecido
Infectados com covid-19 que saírem de casa vão pagar até R$ 70 mil de multa
Homem é morto após quebra-pau em residência em Sidrolândia
Força-tarefa em MS intensifica ações e controla focos de calor no Pantanal
Mulher surta ao ver mensagem de outra e ameaça matar namorado com faca
Mulher de 52 anos é autuada após colocar fogo em lixo de terreno