Menu
Busca quinta, 29 de outubro de 2020
(67) 99820-0742

Iagro divulga calendário de curso para veterinários que pretendem atender eventos pecuários em MS

16 janeiro 2017 - 11h54

A Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) divulgou o Calendário que traz as datas dos cursos sobre legislação sanitária, exigido para o credenciamento dos médicos veterinários autônomos que pretendem atuar em eventos pecuários em Mato Grosso do Sul.

Dividido em duas etapas, o curso com duração de oito horas terá aulas teóricas no período matutino, no prédio da Iagro Central (Campo Grande), sobre a legislação e aulas práticas, no período vespertino no prédio da SGI (Parque dos Poderes), sobre o Sistema de Controle Integrado de Animais Destinados a Eventos (Ciade). As aulas acontecerão nos dias 8 de março, 7 de junho e 6 de outubro.

Depois do curso, já credenciados, os médicos veterinários devem oficializar sua habilitação enviando um requerimento ao diretor-presidente da Iagro. Nesta fase eles irão preencher o Cadastro do Médico Veterinário, o formulário de cadastro de assinaturas, um termo de compromisso e juntar cópias de documentos de Identidade de médico veterinário do CRMV-MS, com número de RG e CPF, certidão negativa do CRMV-MS, e uma cópia do certificado deste treinamento. Todos os documentos devem ser autenticados em cartório ou pela Iagro.

Com a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), que pode ser apresentada ao Serviço Oficial por contrato anual assinado com a empresa promotora do evento, devidamente registrada no CRMV/MS (ou pelo contrato assinado especificamente para um evento) o profissional estará oficialmente credenciado para a atividade.

Os nomes dos profissionais credenciados são publicados no Diário Oficial e em seguida inseridos no Sistema Ciade. Os modelos de documento estão disponíveis nas Unidades da Iagro em todo Estado ou no link: http://www.iagro.ms.gov.br/ciade/

Ciade

O sistema de controle integrado de animais destinados à eventos (Ciade), criado pela Iagro para monitorar o trabalho dos médicos veterinários autônomos em eventos pecuários com aglomerações de animais, como as festas de laço, leilões e feiras, foi lançado oficialmente durante a 2ª Copa Nacional do Laço Comprido, em Dourados, em dezembro de 2015. A partir de então o serviço oficial do Estado passou a realizar o trabalho de auditoria nos eventos, orientando tanto os promotores, quanto os médicos veterinários habilitados sobre toda documentação e sua forma de procedimento durante a realização do evento.

A inspeção prévia do local, emissão do laudo de vistoria, encaminhamento do processo à DDSA, bem como a fiscalização, intervenção nas atividades, interdição do evento, análise dos relatórios, solicitação de correções e arquivamento de documentação, também ficaram a cargo da Iagro, bem como o controle da emissão da Guia de Trânsito Animal (GTA), a auditoria técnica e administrativa, e a decisão pela suspensão temporária do credenciamento de um profissional ou de um local de evento, quando detectadas irregularidades. (Notícias MS)

Deixe seu Comentário

Leia Também

França eleva nível de ameaça à segurança para patamar mais alto
PMA aumenta fiscalização contra pesca ilegal e tráfico de animais
Inflação dos aluguéis fica em 3,23% em outubro, diz FGV
Operação mobiliza 20 mil policiais, Exército e Marinha contra crime organizado em MS, MG, SP e PR
Alex Telles, do Manchester United, testa positivo para covid-19
Menina de 4 anos é atingida por raio e morre no RJ
Denúncias contra direitos humanos podem ser feitas via WathsApp
Idosa morre depois de transferência do Hospital de Bonsucesso, no Rio
Covid-19 pressiona Reino Unido a seguir lockdowns de França e Alemanha
Décimo terceiro salário deve injetar R$ 208 bi na economia